Destaque Cidade - O que é Destaque na Cidade está aqui!
Araguaína, 21 de Setembro de 2017

04/11/2015 10:00 // . - ATN TO

Roda de conversa sobre fotografia reúne profissionais em Palmas

Na noite desta terça-feira, 3, profissionais e apreciadores da fotografia participaram de uma roda de conversa com o fotógrafo documental João Roberto Ripper, que irá ministrar a oficina Fotografia, Memória e Periferia, de 4 a 8 de novembro, na Universidade Federal do Tocantins (UFT). Mais de 30 pessoas de formações em áreas diversas estiveram presentes no bate-papo realizado pela Fundação Nacional de Artes (Funarte) em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a UFT.

A ação aconteceu no teatro de bolso do Memorial Coluna Prestes e contou com a presença do representante da Funarte para o Norte e Nordeste, Naldinho Freire, que também participa de uma roda de conversa sobre as ações da representação regional nesta quarta-feira, 4, às 13h30, também no Memorial. Segundo Naldinho, “trazer essas oficinas é potencializar os espaços de formação de agentes artísticos e culturais da região Norte”.

João Roberto Ripper fez uma introdução do que será abordado durante os dias intensivos de oficina e falou sobre o seu trabalho fotográfico focado em realidades que abordam os direitos humanos, as comunidades tradicionais e a periferia. O fotógrafo é fundador do projeto Imagens do Povo, que existe há 11 anos na periferia do Rio de Janeiro e funciona como uma agência-escola de fotógrafos populares. Ele explica aos ouvintes que a fotografia e a comunicação são direito de qualquer pessoa e indaga: “Se a beleza e o amor são elementos que fazem com que a nossa sociedade exista, por que na hora de mostrar as populações menos favorecidas não mostramos a beleza delas?”. “A ideia da oficina é quebrar estereótipos, é dar dignidade, é contar outras histórias que não são contadas. É uma discussão política da fotografia enquanto direito”, concluiu.

A estudante de Jornalismo Laura Pedrini participou do bate-papo e também se inscreveu para participar da oficina, pois se identificou com o tema. “Depois que o João Roberto explicou o que vai acontecer na oficina eu me interessei muito mais. Serão cinco dias intensos e eu espero absorver o máximo possível da experiência que ele tem como fotógrafo”, ressaltou.

Oficina

A oficina Fotografia, Memória e Periferia acontece de 4 a 8 de novembro, no auditório do Bloco 4 da UFT, das 9 às 20 horas, e será voltada para fotógrafos amadores e/ou profissionais. 

VEJA +