terça-feira , 24 novembro 2020

Homem pede desculpas e diz que estava ‘sob efeito de drogas’ quando arranhou motos de profissionais da saúde em Araguaína

Em um vídeo divulgado pela Polícia Civil, o homem suspeito de danificar os carros e motos de funcionários do Hospital Regional de Araguaína, diz que agiu sob os efeitos de droga. O caso foi registrado no dia 15 de agosto, quando os profissionais se depararam com os veículos riscados e bancos das motos cortados, ao deixarem o turno de trabalho.

No vídeo, o homem, que não teve a identidade revelada, pede desculpas aos servidores. “Eu quero através desse vídeo, pedir desculpas a todos vocês que trabalham no Regional. Eu fiz isso, me perdoa. Eu estava sob o efeito de drogas, eu tenho problemas psiquiátricos. Eu não estava bem, eu peço perdão a vocês. Vocês fazem um bom trabalho e eu fiz algo que não deveria ter feito”.

A Polícia Civil informou que as investigações sobre o crime foram concluídas e que o homem gravou o vídeo de forma espontânea para pedir perdão às vítimas.

“Este é um crime de dano e depende de ser processado pelas próprias vítimas. O homem é um morador em situação de rua, não tem dinheiro. A parte da polícia que era identificar e apresentar o responsável às vítimas foi feita. Agora, cabe às pessoas que foram lesadas decidir se vão apresentar uma queixa-crime perante à Justiça para buscar o ressarcimento do dano”, explicou o delegado Adriano Carvalho, responsável pelo caso.

Na época, fotos e vídeos circularam nas redes sociais mostrando várias motos e pelo menos um carro com as latarias riscadas. Algumas motocicletas também tiveram os bancos cortados.

“Olha como pagam os profissionais que estão em um plantão pesado, trabalhando sem repouso na UTI Covid, e quando sai aqui fora olha a situação de todas as motos […] é difícil, pai de família, mãe de família trabalhando e quando sai encontra uma surpresa dessa”, disse a mulher que gravou um vídeo.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) disse, na ocasião, que a situação era lamentável e se solidarizou com os profissionais de saúde que estão neste momento em árduo trabalho para salvar as vidas dos tocantinenses e que tiveram suas motos danificadas por um ato de vandalismo.

“As motos dos servidores estavam em frente a unidade hospitalar, a SES solicitou apoio dos órgãos de segurança para realizar patrulhamento na unidade hospitalar. Todos os servidores prejudicados com o vandalismo foram orientados a registrarem boletim de ocorrência, para que medidas cabíveis sejam tomadas e o autor seja identificado”, diz nota.

G1

Sobre destaquecidade destaquecidade

NOTÍCIAS DO TOCANTINS - BRASIL - MUNDO

Veja Também

PM/TO detém mulher acusada de sacar benefício sem a autorização da vítima

A Polícia Militar, por meio do 9º Batalhão, prendeu na manhã dessa quarta-feira, 26, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat